top of page

Torcedor é expulso de partida de tênis do US Open por gritar 'a frase mais famosa de Hitler'




Os organizadores do US Open, um torneio de tênis dos Estados Unidos, disseram que expulsaram um torcedor do Estádio Arthur Ashe, nesta terça-feira (5), após o tenista alemão Alexander Zverev reclamar que o homem gritou "a frase mais famosa de Hitler" durante sua partida pelas oitavas de final do torneio.


Zverev, que derrotou o italiano Jannik Sinner em cinco sets (6-4, 3-6, 6-2, 4-6 e 6-3) em uma partida que durou quase cinco horas, estava sacando no quarto set quando parou para chamar a atenção do árbitro de cadeira James Keothavong para o espectador.


“Ele acabou de dizer a frase mais famosa de Hitler que existe neste mundo”, disse um Zverev furioso a Keothavong. "Isso é inaceitável. Isso é inacreditável."


O torcedor havia gritado "Deutschland über alles" (Alemanha acima de tudo). A frase não é originalmente do nazismo, mas Hitler a incorporou, e a ideia ficou associada à ideologia extremista.


O árbitro imediatamente se virou e pediu que o responsável pela fala se identificasse, mas ele não apareceu. Keothavong então pediu aos torcedores que permanecessem justos e mostrassem respeito por ambos os jogadores.


Poucos minutos depois, seguranças apareceram na lateral da quadra para identificar o homem com a ajuda de outros espectadores e finalmente o conduziram para fora do estádio.


“Um comentário depreciativo foi dirigido a Zverev”, disse um porta-voz da Associação de Tênis dos Estados Unidos (USTA) em comunicado. “O torcedor foi identificado e escoltado para fora do estádio”.


Zverev deixou o incidente para trás para selar a vitória, que ele descreveu como o melhor momento de sua carreira após se recuperar de uma grave lesão no tornozelo no ano passado.


Ele agora enfrentará o atual campeão Carlos Alcaraz nas quartas de final.


FONTE: G1

0 visualização0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page