top of page

PF vai investigar Cleitinho, Eduardo Bolsonaro e influencers por fake news sobre tragédia no RS


A Polícia Federal vai investigar parlamentares e influencers que estariam divulgando desinformações (fake news) sobre ações dos governos federal, estaduais e municipais nas enchentes do Rio Grande do Sul. O pedido de abertura da investigação foi feito pelo Ministério da Justiça e Segurança e inclui nomes como o senador Cleitinho (Republicanos-MG), Eduardo Bolsonaro (PL-SP) e o coach Pablo Marçal.

Todos estão citados no ofício encaminhado ao Ministério da Justiça pelo o ministro-chefe da Secretaria de Comunicação, Paulo Pimenta. O documento lista contas em redes sociais e postagens na internet que vêm disseminando informações falsas sobre o trabalho de resgate de pessoas e sobre a recuperação dos estragos no estado.

Segundo Pimenta, as narrativas inventadas na internet, além de não ter paralelo com a realidade, também afetam diretamente a vida das pessoas e os trabalhos de resgate.

“A propagação de falsidades pode diminuir a confiança da população nas capacidades de resposta do Estado, prejudicando os esforços de evacuação e resgate em momentos críticos”, diz o ofício.

De acordo com o Ministério da Justiça, a investigação irá apurar ilícitos ou eventuais crimes relacionados à disseminação de desinformação e individualização de condutas.

Em parceria com a Advocacia-Geral da União (AGU), serão acionados órgãos competentes para ações judiciais de responsabilização dos culpados.

4 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page