top of page

Padre Egídio desviou R$ 180 mil da emenda de Zé Maranhão destinada para fundação beneficente em JP




A Fundação São Padre Pio de Pietrelcina emitiu uma nota nesta quarta-feira (8) esclarecendo informações falsas que tentaram ligar a Fundação a um suposto desvio de recursos em emendas federais. Na ocasião, R$ 180 mil deixaram de ser repassados para a Fundação durante a gestão do padre Egídio de Carvalho no Instituto São José, ligado ao Hospital Padre Zé, em João Pessoa.

Como visto pelo ClickPB, a Fundação São Padre Pio de Pietrelcina alegou que em 2018 o então senador José Maranhão direcionou R$ 200 mil, via emenda, para a Fundação.

No entanto, em um termo de atuação em rede intermediado pela Promotoria de Justiça, ficou definido que o Instituto São José receberia os valores e repassaria eles à Fundação São Padre Pio de Pietrelcina. O dinheiro, porém, não foi repassado na totalidade.

“Entretanto, o Instituto São José, por meio dos seus antigos gestores, apenas repassou à Fundação o valor de R$ 20 mil, não se sabendo qual o destino dado aos R$180 mil restantes e nunca repassados”, informou a Fundação São Padre Pio de Pietrelcina, como notado pelo ClickPB.

Confira abaixo a nota completa da Fundação São Padre Pio de Pietrelcina.

Nota

Em detrimento das informações veiculadas em portais do estado na manhã desta quarta-feira(08), a Fundação São Padre Pio de Pietrelcina vem por meio deste esclarecer tais informações sobre repasse de valores para a instituição advindas do Instituto São José.

O documento de extrato veiculado nos portais refere-se a transferência realizada para a Ação Social Arquidiocesana – CNPJ: 70.133.3939.0001-00. Portanto, o valor referido não foi direcionado a Fundação São Padre Pio de Pietrelcina.

Em virtude de emenda parlamentar direcionada a Fundação São Padre Pio pelo então senador José Targino Maranhão, em 06 de novembro de 2018 foi estabelecido um termo de atuação em rede intermediado pela Promotoria de Justiça das Fundações onde o Instituto São José receberia o recurso e repassaria a Fundação no valor de R$200 mil reais.

Entretanto, o Instituto São José, por meio dos seus antigos gestores, apenas repassou à Fundação o valor de vinte mil reais, não se sabendo qual o destino dado aos R$180 mil restantes e nunca repassados.

6 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page