top of page

Nasa analisa molécula em planeta distante que na Terra só é produzida por seres vivos




Um telescópio da NASA pode ter descoberto possíveis evidências de vida em um planeta distante.

🔔 Isso porque pode ter sido detectada uma molécula chamada sulfeto de dimetila (DMS). Ao menos na Terra, isso só é produzido por organismos vivos.

Os pesquisadores frisam que essa possível detecção no planeta a 120 anos-luz de distância "não é robusta" e são necessários mais dados para confirmar a sua presença.

A descoberta foi feita pelo Telescópio Espacial James Webb da NASA. Os pesquisadores também encontraram metano e CO2 na atmosfera do planeta.

A detecção desses gases pode significar que o planeta, denominado K2-18 b, tem um oceano de água.

O professor Nikku Madhusudhan, da Universidade de Cambridge, que liderou a pesquisa, disse à BBC News que toda a sua equipe ficou "chocada" quando viu os resultados.


"Na Terra, o DMS é produzido apenas pela vida. A maior parte dele na atmosfera terrestre é emitido pelo fitoplâncton em ambientes marinhos", disse.


Precaução


Mas o professor Madhusudhan descreveu a detecção do DMS como provisória e disse que seriam necessários mais dados para confirmar a sua presença. Esses resultados são esperados em um ano.

"Se for confirmado, seria uma grande descoberta e sinto a responsabilidade de acertar se estamos fazendo uma afirmação tão grande."

É a primeira vez que os astrônomos detectam a possibilidade de DMS em um planeta orbitando uma estrela distante. Mas esses resultados são tratados com cautela, observando que uma afirmação feita em 2020 sobre a presença de outra molécula, chamada fosfina, que poderia ser produzida por organismos vivos nas nuvens de Vênus, que foi contestada um ano depois.

Mesmo com esse cenário ainda incerto, Robert Massey, que é pesquisador independente e vice-diretor da Royal Astronomical Society de Londres, disse estar entusiasmado com os resultados.

"Estamos caminhando lentamente em direção ao ponto em que seremos capazes de responder à grande questão de saber se estamos sozinhos no Universo ou não", disse ele.

FONTE: G1


5 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page