top of page

Conheça o parque original da Lego na Dinamarca aberto na década de 1960


Primeiro parque de Lego do mundo foi aberto em Billund, cidade de origem da empresa onde também há um premiado centro de experiências com 25 milhões de pecinhas da marca.


Na década de 1960, cerca de 20 mil pessoas visitavam anualmente a fábrica da Lego em Billund, na Dinamarca, para ver de perto vários modelos das pecinhas montadas. Isso fez com que a empresa logo solucionasse o “problema”: a poucos metros dali, foi criada uma área inteiramente de Lego que replicava prédios, capitais e pequenas cidades do mundo.

Esta foi a semente do Legoland Billund, o primeiro parque temático da Lego, inaugurado em junho de 1968. Hoje, o resort na pequena cidade a cerca de 270 km da capital, Copenhague, conta com um parque com mais de 50 atrações, dois hotéis e uma vila para hospedagem.


Foi nesta cidadezinha que a empresa nasceu na década 1930, mantendo ali até os dias atuais a sede do grupo e também a Lego House, centro de experiências focado em brincadeiras educacionais que ganhou prêmios arquitetônicos e que possui uma árvore com mais de seis milhões de pecinhas.


Legoland Billund: o parque



Colado ao aeroporto de Billund, o segundo mais movimentado da Dinamarca, o Legoland Billund Resort se destaca por seu parque com mais de 140 mil metros quadrados e mais de 50 atrações para todas as idades.


Dividido em 11 áreas temáticas, o parque tem como coração a Miniland, onde estão dispostas mais de 20 milhões de peças Lego que recriam miniaturas de cidades e de prédios do mundo todo, incluindo um aeroporto, construções típicas de Copenhague, palácios ingleses e até um modelo de 5,5 metros do Burj Khalifa, o arranha-céu mais alto do mundo.


Entre as mais de 50 atrações, quatro são montanhas-russas, sendo a mais rápida a Polar X-plorer, que atinge 65 km/h e tem temática polar. Há ainda atrações molhadas, trenzinhos, cinema 3D, labirinto de laser e barquinho viking.


Dois novos espaços foram inaugurados recentemente: um playground do desenho Peppa Pig com direito a casinha na árvore, escorregadores e um barquinho do Vovô Pig; e o Artic Basecamp, com ambientes interativos dentro de uma caverna de gelo fictícia.


Os valores de entrada para o parque saem a partir de 329 coroas dinamarquesas (cerca de R$ 240) para um dia. Há ainda opção de ingressos combinados com o parque e a Lego House a partir de 629 coroas (R$ 459) e um combo com uma estadia no hotel da Lego, entrada no parque e na Lego House por 2.998 coroas (cerca de R$ 2.192) para dois adultos e duas crianças.


Vale lembrar que há 10 Legolands espalhadas pelo mundo: além do original em Billund, há endereços na Flórida, na Califórnia e em Nova York, nos Estados Unidos; na Malásia; em Dubai; em Windsor, na Inglaterra; na Alemanha; no Japão e na Coreia do Sul.


Hotéis Lego


O resort também possui hospedagens temáticas oficiais. Vizinho ao parque, o quatro estrelas Hotel Legoland é todo decorado com personagens e pecinhas da empresa. Há um restaurante, zona de jogos da Nintendo, salas cheias de Lego para os hóspedes se divertirem e loja para compra dos brinquedos.


Além dele, há o Legoland Castle Hotel, com tema de castelo, de reis e rainhas. São 142 quartos dispostos em três categorias: os com decoração de princesas, de mágicos ou de cavaleiros. Há ainda um restaurante temático, o Knights´ Tavern Restaurant.


fim, o Legoland Holiday Village é uma vila com chalés e áreas de camping que, além de acomodações, possui minigolfe, parque infantil, minizoológico e área de lareiras. Todas as hospedagens oficiais possuem lojas da Lego e áreas infantis tematizadas.


Lego House, o centro de experiências


Inaugurada em 2017 a pouco mais de um quilômetro do resort, a Lego House é um centro de experiências moderno de 12 mil metros quadrados que possui 25 milhões de peças Lego, incluindo recriações de cachoeiras, de animais e de plantas gigantes.


A experiência já começa no lado de fora, já que a casa de 23 metros de altura é construída com 21 peças gigantes de Lego que parecem se equilibrar. A fachada é coberta ainda por azulejos que se assemelham aos clássicos tijolinhos 2×4 da Lego. O exterior conta com terraços e áreas de convivência públicas.


O interior conta com café, restaurante e loja, assim como um conjunto de galerias que recebe exposições e uma árvore montada em Lego com 15 metros de altura e mais de seis milhões de peças. As galerias são identificadas por diferentes cores primárias de Lego (como a Zona Zul, Zona Vermelha, e por aí em diante) e têm como objetivo oferecer possibilidades de aprendizagem através de brincadeiras.


Há ainda um museu com conjuntos de Lego lançados ao longo dos anos e o restaurante Mini Chef, que é uma experiência à parte, já que os visitantes devem construir o pedido através de blocos de Lego para então escaneá-lo e recebê-lo. A entrega dos pratos é feita por robôs.


O valor de entrada na Lego House depende do dia e da hora, mas sai a partir de 239 coroas dinamarquesas (cerca de R$ 175). Há também três opções de tours guiados, que podem ter duração de um a três dias.


O mais completo, o Lego Inside Tour, dá acesso aos bastidores da empresa com uma visita guiada pela fábrica — uma das únicas maneiras de entrar no local — e pela casa original do fundador Ole Kirk Kristiansen. O tour sai por 22 mil coroas dinamarquesas (cerca de R$ 16,1 mil) e ocorre em datas selecionadas, em que dá direito a hospedagem de três noites no Hotel Legoland e passes para o Legoland Billund e a Lego House.


Para os que quiserem levar mais da experiência de volta para casa, uma miniatura de Lego da própria Lego House está disponível para compra no site da empresa por 449 coroas dinamarquesas (cerca de R$ 328).


Como chegar no Legoland Billund Resort


O trajeto de carro partir da capital Copenhague até o resort leva cerca de 2 horas e 30 minutos. Há também possibilidade de se pegar ônibus diretos da companhia Flixbus da capital até o resort. Os ônibus saem geralmente pela manhã e retornam no fim da tarde.


Também é possível pegar um trem da estação central de Copenhague com destino a Velje e de lá pegar um ônibus até Billund. Há ainda voos que saem do aeroporto de Copenhague com destino final ao aeroporto de Billund, que fica quatro quilômetros do Legoland Resort.


FONTE: CNNbrasil

1 visualização0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page