top of page

Chapecoense vence o CRB e deixa a zona de rebaixamento na Série B



Jogando em casa, na Arena Condá, a Chapecoense venceu o CRB e reagiu no Campeonato Brasileiro da Série B. O time quebrou uma sequência de nove jogos sem vencer e conquistou a terceira vitória na competição. Com os três pontos, a Chapecoense foi 15 pontos, indo para 16ª posição, deixando o Tombense no Z-4. Bruno Nazário e Maxwell marcaram os gols da Chape, enquanto Hyuri descontou para o CRB.


PRIMEIRO TEMPO


O jogo começou agitado e com s Chapecoense pressionando, logo aos 2' Alisson Farias faz um lindo passe para Kayke, que ficou na cara do gol, tirou o goleiro Diogo Silva, mas a finalizou para fora. O CRB equilibrava o jogo na posse bola, mas não levava perigo para o time da casa. Aos 30' o time de Alagoas chegou com o zagueiro Anderson Conceição, tocando de cabeça, a bola passou perto da trave, mas foi assinalado impedimento. A Chape respondeu em duas chegadas seguidas de Bruno Nazário, a segunda aos 36'. O meia recebeu um dentro da área, mesmo com pouco espaço ele chutou, mas o goleiro do CRB fez uma boa defesa e manteve o 0 a 0.

Para saber tudo sobre o Campeonato Brasileiro Série B, siga o Esporte News Mundo no


SEGUNDO TEMPO

A etapa final começa com o CRB saindo um pouco mais para o jogo. Aos 2' após erro de Cristiano, a bola ficou com Anselmo Ramon, que bateu pro gol. A bola tocou em Lucas Freitas e o árbitro marcou pênalti para o CRB, mas com auxílio do VAR o lance foi anulado. Após o jogo ficar parado por cerca de três minutos, a Chape voltou com tudo e marcou seu gol, aos 6' Kayke avançou pela esquerda, cruzou para Bruno Nazário que bateu para o gol e fez 1 a 0. O time da casa permaneceu em cima, aos 10' Bruno Nazário chegou de novo, cruza na área, Pavanni ajeitou para Maxwell, que tocou de cabeça para fundo da rede, fazendo 2 a 0 para Chape.


Com a desvantagem, o CRB foi para o ataque, mas o time tinha dificuldade para criar e chegava mas ações do atacante Rômulo. Até que aos 35' Rômulo cruzou rasteiro para Hyuri na pequena área, que bateu para o gol e diminui o placar na Arena Condá. Na reta final o Galo seguiu em busca do empate, mas esbarrou na falta de criatividade e apostou nas bolas longas e cruzamento. A Chape seguiu se segurando e mesmo com 10 minutos de acréscimos, manteve a vitória por 2 a 1.


FONTE: TERRA


1 visualização0 comentário

Comentários

Avaliado com 0 de 5 estrelas.
Ainda sem avaliações

Adicione uma avaliação
bottom of page