top of page

Arthur Lira rebate Felipe Neto por uso do termo 'excrementíssimo': 'Não é liberdade de expressão. É ser mal educado'

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), rebateu o influenciador digital Felipe Neto na manhã desta sexta-feira. Lira acionou a Polícia Legislativa após o youtuber ter se referido ao parlamentar como "excrementíssimo", em uma alusão pejorativa ao pronome de tratamento "excelentíssimo". A fala ocorreu na terça-feira, durante participação no simpósio "Regulação de Plataformas Digitais e a urgência de uma agenda" na Casa Legislativa. Em nota, o deputado federal afirma que o empresário foi autuado no crime de injúria qualificada.

Em postagem no X (antigo Twitter), Neto afirmou que as "ações e inações" de Lira são, em grande parte, "nocivas e extremamente reprováveis". "Minha intenção, ao citar 'excrementíssimo', foi claramente fazer piada com a palavra 'excelentíssimo', uma opinião satírica, jocosa, evidentemente sem intenção de ofensa à honra", disse o Youtuber. Na sequência do primeiro post, Neto citou uma frase do ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes, defendendo a liberdade de expressão.

4 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page